Medicina Dentária

A Medicina Dentária dedica-se à abordagem de todos os aspetos relacionados com a saúde oral. É efetuada a prevenção e o diagnóstico e tratamento das doenças dos dentes e das suas estruturas de suporte.

É fundamental efetuar um exame dentário de rotina de 6 em 6 meses.

Especialidades:

Ortodontia

Especialidade da medicina dentária que se dedica à prevenção e correção das más posições dos dentes e maxilares para uma relação mais equilibrada. Possui como objetivo a harmonização estética da face e dos dentes e assegura uma correta funcionalidade das estruturas bucais. As causas dos problemas ortodônticos podem ser hereditárias ou ambientais (p ex.: utilização de chupeta até muito tarde ou perda precoce de dentes). Recomenda-se que todas as crianças devem efetuar a 1ª consulta de ortodontia por volta dos 6-7 anos de idade, após a erupção dos primeiros dentes definitivos, para avaliar a necessidade de tratamento. Existe atualmente uma grande variedade de aparelhos fixos e removíveis, especialmente desenvolvidos para movimentar os dentes e os próprios maxilares para as posições desejadas.

Dentisteria

É a área da medicina dentária que trata as lesões dos dentes, causadas por cárie dentária, traumatismo ou outra razão. O tratamento destas lesões é realizado com materiais que substituem a estrutura do dente perdido. A cárie dentária afeta praticamente 90% da população. A presença de bactérias na boca, associada a uma higiene oral deficiente facilita o aparecimento de cáries. Em casos extremos, a cárie dentária pode originar infeções de extensão variável que podem ter graves repercussões na saúde geral do indivíduo.

Cirurgia Oral

É a área da medicina dentária que se dedica ao diagnóstico e tratamento cirúrgico das doenças, lesões e anomalias dos dentes, boca e maxilares. A evolução que a medicina dentária em geral tem sofrido nas últimas décadas permite-nos afirmar que o desconforto associado a qualquer ato cirúrgico é mínimo.

Endodontia

A endodontia é o ramo da medicina dentária dedicado à patologia da polpa dentária (“nervo”) e tecidos que rodeiam as raízes e ao seu tratamento. Devido aos avanços científicos, os tratamentos disponíveis permitem quase sempre, salvar os dentes com problemas na polpa, mantendo a função mastigatória e estética inalteradas.

Periodontologia

A periodontologia dedica-se à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças que afetam o periodonto, ou seja, a gengiva, o osso e o ligamento periodontal. As doenças periodontais dividem-se em dois grandes grupos: gengivite e periodontite.

Odontopediatria

Esta especialidade possibilita à criança o primeiro contato com o médico dentista, onde é avaliado o seu estado de saúde oral, controlada a erupção dentária e realizados tratamentos preventivos. É transmitida a técnica correta para a escovagem dos dentes e para o uso do fio dentário.

Branqueamento dentário

O branqueamento dentário é um procedimento utilizado com o objetivo de clarear a cor dos dentes. Pode ser efetuado em consultório ou em ambulatório, através de uma goteira feita à medida do paciente, onde este aplica o gel branqueador.

Prótese

A prostodontia é a especialidade que se dedica ao restabelecimento das funções orais, pela colocação de próteses dentárias que visam a substituição dos dentes em falta.

Implantologia

Os implantes dentários apresentam vantagens no aspeto funcional e estético, contribuindo para um incremento na autoconfiança do paciente.

Artigos relacionados:

• Mais de 150 doenças “podem ser agravadas por doenças orais” (Saúde Oral)

• FDI e Conselho Geral de Dentistas lembram importância da saúde oral para prevenir doenças cardiovasculares (Saúde Oral)

• Estudo relaciona oclusão dentária também com o controlo da postura e equilíbrio (Jornal Dentistry)